David Bowie relança, em setembro, o álbum Station to Station

2 07 2010

Clássico álbum de 1976 chegará às lojas em 20 de setembro, em duas versões

especiais

David Bowie relança, em setembro, o álbum Station to Station

Fãs de David Bowie podem celebrar. O clássico álbum Station To Station, de 1976, será relançado. A informação foi divulgada pelo site Gigwise.

Além de edição especial contando com três CDs, o relançamento também terá uma versão deluxe que virá com Station To Station no formato vinil, junto a cinco CDs e um DVD. As duas versões serão lançadas em 20 de setembro, acompanhadas do álbum original e do registro nunca antes lançado de um show de Bowie no Nassau Coliseum, nos Estados Unidos, realizado no mesmo ano em que o álbum chegou às lojas.

Enquanto a edição especial dos três CDs virá acompanhada também por um livro de 16 páginas com imagens do artista em estúdio durante a gravação do disco e durante os shows, a versão de luxo contará com um livro maior, de 24 páginas, que incluirá fotos inéditas feitas por Steve Shapiro.

O conteúdo também estará disponível para dowloads, com uma versão alternativa de “Panic In Detroit” (faixa do álbum Aladdin Sane, de 1973), segundo informações divulgadas em comunicado à imprensa.

Veja abaixo a tracklist da edição especial de Station to Station:

CD 1 – Station To Station

1 – “Station To Station”

2 – “Golden Years”

3 – “Word On A Wing”

4 – “TVC 15”

5 – “Stay”

6 – “Wild Is The Wind”

– Live Nassau Coliseum ’76

1 – “Station To Station”

2 – “Suffragette City”

3 – “Fame”

4 – “Word On A Wing”

5 – “Stay”

6 – “Waiting For The Man”

7 – “Queen Bitch”

CD 3 – Nassau Coliseum Concert(continuação)

1- “Life On Mars?”

2 – “Five Years”

3 – “Panic In Detroit”

4 – “Changes”

5 – “TVC15”

6 – “Diamond Dogs”

7 – “Rebel Rebel”

8 – “The Jean Genie”

fonte: Rollingstone Brasil





São joão de Caruaru

21 05 2010

O roteiro de apresentações da festa junina de Caruaru terá 32 dias. A programação começa dia 28 de maio, com Elba Ramalho, e vai até 29 de junho, com Aviões do Forró. Pela cidade serão espalhados cinco polos, mas a grande disputa é por um cantinho no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, que suporta até cem mil pessoas no espaço que se transforma em uma cidade matuta.

O destaque, como sempre, acontece na véspera da noite de São João. Nomes inusitados para uma festa junina, quem vai se encontrar no palco para mostrar que de forró todo mundo entende um pouco é Zélia Duncan, Paulinho Moska, Luíza Possi e os pernambucanos Lenine, Ortinho e Junio Barreto. A apresentação ganha o nome de O maior baião do mundo, e o repertório será uma grande homenagem ao ritmo nordestino.
Em meio à Copa do Mundo, a prefeitura garante um telão gigante para os dias dos jogos do Brasil.

Também terão espaços, em meio ao forrobodó dos tradicionais trios, as bandas de forró estilizado como Calcinha Preta, Aviões do Forró, Chiclete com Banana e Forró do Muído. Mas, como explicou o presidente da Fundação de Cultura da cidade durante o anúncio da programação, na noite desta segunda-feira, no Recife, nada de letras pornográficas, coreografias obscenas ou figurino que não tenha aproximação com o matuto.

“Está tudo em contrato. Teremos forró estilizado, mas nada deseducativo”, disse José Pereira Souza. De acordo com o presidente, os próprios caruaruenses não admitem mais esse tipo de shows, segundo pesquisa feita na região.

Além de terem que se adequar a tais exigências, as bandas mais “polêmicas” ocupam um horário mais cedo na grade de shows. A prefeitura este ano lança as matinês, que começam às 18h e acontecem sempre aos sábados e ainda nos dias 28 e 29 de junho. “Muitos jovens de 12, 13 anos não têm oportunidade de assistir a alguns shows porque eles aconteciam de madrugada”, pontuou José Pereira.

CULTURAIS – O Polo Cultural da Estação Ferroviária vai abrigar um verdadeiro complexo junino, com direito a casinhas de cidade de interior, espaço para quadrilhas, para manifestações populares e moda junina. Os homenageados do São João deste ano (Tavares da Gaita, Banda de Pífanos de Caruaru, o poeta Rafael dos Santos Barros e os humoristas Ludugero e Otrope) serão lembrados com exposição de acervos e apresentação de esquetes.

O Polo Forró do Candeeiro vai ser montado dentro do Pátio de Eventos e representará o palco oficial de shows de artistas locais. Já no Alto do Moura, trio de forró pé de serra e bandas de pífanos vão animar um dos points preferidos da turma jovem na tarde de Caruaru.

PROGRAMAÇÃO

28 de Maio 
20:30 Forró Quentão 
22:30 Targino Gondim
00:30 Elba Ramalho
03:00 Território Nordestino 
29 de Maio(Sábado)
18:00 Cavaleiros do Forró (matinê)
20:30 Camarão 
22:30 Flávio José
00:30 Silvério Pessoa 
02:30 Sirano e Sirino

30 de Maio (Domingo)
20:30 Zabumba Bacamarte 
22:30 Heleno dos oito Baixos 
00:30 Brucelose 

31 de Maio (Segunda)
20:30 Banda Caruforró 

01 de Junho (Terça)
20:30 Banda Forró cigano 
22:00 Banda Matutos do Forró 

02 de Junho (Quarta)
20:30 Léo Domingos 
22:00 Adauto Ferreira e Tropeiros do Forró 

03 de Junho (Quinta)
20:30 *PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

04 de Junho (sexta)
20:30 Joana Angélica 
22:30 Santanna
00:30 Genaro e Walquiria
02:30 Magnificos 

05 de Junho (Sábado)
18:00 Forró do Muído (matinê)
20:30 Banda Alternativa 
22:30 Assisão
00:30 Erisson Porto 
02:30 Alceu Valença 

06 de Junho (Domingo)
20:30 Rogéria 
22:30 Waldonys
00:30 Dominguinhos

07 de Junho (Segunda)
20:30 Banda Topázill 

08 de Junho (Terça)
20:30 Banda Pingo Dágua 

09 de Junho (Quarta)
20:00 *FESTIVAL DE BANDAS E FANFARRAS NO FORRÓ

10 de Junho (Quinta)
20:30 Élida e Banda 
22:30 Humberto Bony
00:30 Cristina Amaral

11 de Junho (Sexta)
20:30 Renilda Cardoso 
22:30 Amazan
00:30 Mastruz com Leite
02:30 Banda do Batista 

12 de Junho (Sábado)
18:00 Forró dos Plays (matinê)
20:30 Flávio Leandro 
22:30 Geraldinho Lins
00:30 Gilberto Gil
02:30 Limão com Mel 

13 de Junho (Domingo)
20:30 Fábio Carneirinho 
22:30 Ítalo e Reno
00:30 Alcimar Monteiro

14 de Junho (Segunda)
20:30 Banda Fogo e Forró 

15 de Junho (Terça)
20:30 Banda Cheiro da Terra 

16 de Junho (Quarta)
20:00 *FESTIVAL DE BANDAS E FANFARRAS NO FORRÓ

17 de Junho (Quinta)
20:30 Marlene do Forró 
22:30 Jailson Rosseti 
00:30 Arreio de Ouro

18 de Junho (Sexta)
20:30 Chá de Zabumba 
22:30 Herbert Lucena 
00:30 Banda Flor de Mandacarú 
02:30 Mel com Terra 

19 de Junho (Sábado)
18:00 Chiclete com Banana (matinê)
20:30 Soxote Á 
22:30 Petrúcio Amorim 
00:30 Banda Pinga Fogo
02:30 Cavalo de Pau

20 de Junho (Domingo)
20:30 Didi Caruaru 
22:30 Dudu do Acordeon 
00:30 Zé Ramalho 
02:00 Flávia Wenceslau 

21 de Junho (Segunda)
20:30 Banda Boneco de Barro 

22 de Junho (Terça)
20:30 Rosimar Lemos 
22:30 Savinho
00:30 Fabiana Pimentinha do Nordeste 

23 de Junho (Quarta)
20:30 Israel Filho 
22:30 Nando Cordel 
00:30 Maior Baião do Mundo (PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS DE : ZÉLIA DUNCAN, LENINE, PAULINHO MOSKA, LUIZA POSSI e ORTINHO E JUNIOR BARRETO) 
02:30 Amigos Sertanejos 

24 de Junho (Quinta)
20:30 Totonho 
22:30 Maciel Melo 
00:30 Capim com Mel
02:30 Quenga de Coco 

25 de Junho (Sexta)
20:30 Os Bianos 
22:30 Paulinho Leite
00:30 Renovação Nordestina 
02:30 Jorge de Altinho 

26 de Junho (Sábado)
20:30 Almério 
22:30 Nordestinos do Forró 
00:30 Elifas Jr. 
02:30 Eliane

27 de junho (Domingo)
20:30 Cacimba de Aluá 
22:30 Trio Nordestino
00:30 Novinho da Paraíba

28 de Junho (Segunda)
18:00 Calcinha Preta (matinê)
20:30 Gilvan Neves 
22:30 Valdir Santos .
00:30 Adelmário Coelho 
02:30 Irah caldeira 

29 de Junho (Terça)
18:00 Aviões do Forró (matinê)
20:30 Valmir Silva 
22:30 Josildo Sá
00:30 Calango Aceso





São João de Arcoverde 2010

21 05 2010

  

O Festival de Quadrilha será realizado de 18 a 20 de junho no polo Palhoça das Artes, na Praça Winston Siqueira. Com realização do Sesc Arcoverde, o concurso terá a participação de 15 grupos locais e das cidades vizinhas. O público poderá assistir a cinco apresentações de quadrilhas por dia.

O prefeito da cidade, Zeca Cavalcanti, reforçou a tradição e simplicidade como marcos dos festejos na cidade. “Vamos mostrar, acima de tudo, o que a região tem de mais genuíno, com a síntese dos principais folguedos dos Sertões do Nordeste”, garantiu. A festa vai destacar, inclusive, os vaqueiros do Piauí, o reizado de Sergipe, o coco das Alagoas e a carvalhada da Bahia.

Entre os nomes de destaque na programação estão Elba Ramalho (toca dia 17), Gilberto Gil (dia 18), Zé Ramalho (19), Magnificus (20), Cavaleiros do Forró (21), Fagner (23), Geraldo Azevedo (26), Santanna e Saia Rodada (28).

» Confira a programação do Polo Multicultural do São João de Arcoverde:

Programação completa aqui   View full article »
Leia o resto deste post »





SITE EM MANUTENÇÃO!

23 10 2008

Caro usuário,

O SITE ESTA EM MANUTENÇÃO, AGRADECEMOS SUA ATENÇÃO E VISITA, CASO TENHA ALGUMA IDÉIA, ALGUMA CRÍTICA CONSTRUTIVA OU NÃO,VOCÊ PODE NOS AJUDAR A TORNAR O SITE MELHOR.

contato: inrecife@gmail.com

             

OBRIGADO !

ATENCIOSAMENTE,

inREC.





SPA DAS ARTES 08`

8 09 2008

» Abertura do SPA


Data: Domingo (7)
Horário: 16h – Abertura das exposições descentralizadas que ficarão em cartaz durante todo evento.
19h-  Abertura do SPA e lançamento da revista 2008

Confira a programação das exposições:

– Refinaria Multicultural Nascedouro de Peixinhos
Av. Jardim Brasília, Peixinhos
Artista Articulador: Galo de Souza é grafiteiro. Fundador  do grupo Êxito D’Rua, concentra-se na realização de trabalhos na Rede de Resistência Solidária.Além de expor na rua, participou de algumas exposições em museus. Artistas Convidados: Evil, Elaine, Anemico, Zone e Caju.

– Refinaria Multicultural Sítio Trindade
Estrada do Arraial. Casa Amarela
Artista Articulador: Neílton José de Carvalho é artista visual, designer e músico. Pertence a comunidade do Alto José do Pinho, onde é sócio da ONG Alto falante.  É membro da banda Devotos. Artistas Convidados: Zildo Marques, Max di Castro, Jair Roberto (Pretto), Media Sana e Joarez Domingos.

– Atelier Moa Lago
Rua Princesa Isabel, 99,1° andar, Santo Amaro
Artista Articulador: Moa Lago é designer, grafiteiro, ativista do copyleft e ex-integrante de articulações político-artísticas como o Subgraf (1996), o Laboratório e o Re:combo (ambos nos anos 2000). Artistas Convidados: Analu, Aslan Cabral, Katalina Leão, Gregório Holanda (Greg) e Fabinho Santana.

– Centro Cultural Cafundó
Rua Geraldo de Andrade, 12B, Espinheiro
Artista Articulador: Jacaré é artista plástico e trabalha com materias reciclados. Vem realizando oficinas nas comunidadesde baixa-renda, como no projeto Acorda Povo, da Prefeitura da Cidade do Recife. Realiza trabalhos com o lixo em seu atelier. Artistas Convidados: Fábio Soares, Zé de Mandacaru, Augusto Férrer, Leonel Barros e Eduardo Lima.

– Centro Social Urbano da Imbiribeira
Av. Manoel Serafim Couto, Imbiribeira
Artista Articulador: Fly trabalha na área das artes cênicas e da música. Ativista da cultura e da arte, integra a rede de resistência comunitária da comunidade Ilha de Deus. Faz parte do grupo TRILHA (teatro de rua da Ilha) e é membro do movimento Caranguejo Uçá.
Artistas Convidados:  Josafá (Irmão), Magno, Boony, Manoel Nunes (Nuninho) e Cananguejo Uçá.

– Centro Popular de Esporte e Lazer da Torre
Campo do Bueirão (em frente à igreja da Torre)
Artista Articulador: Izidório Cavalcanti é artista plástico. Trabalhando com arte há 15 anos, suas produções vão do desenho à performance. Integra os grupos MAMÃE e Branco do Olho. Artistas Convidados: Coletivo Casa de Marimbondo, Bruno Vilela, Nando Zevê, F. Rafael e Zequinha da Torre.

» Workshop Gestão Cultural e Novas Tecnologias
Òscar Martínez (Espanha) | Pep Dardanyà (Espanha)  | Ricardo Ribenboim (SP)
Data: Segunda a quarta-feira (8 a 10)
Horário: 9h às 12h e 14h às 17h30
Local: Centro de Formação das Artes Visuais (CFAV)

» Leitura de Portfólio
Íbis Hernandez (Cuba)
Data: Segunda e Terça-feira (8 e 9)
Horário: das 14h às 18h
Local: Museu Murillo La Greca

» Abertura da Galeria Galpão Recife Fundarpe
Data: Segunda-feira (8)
Horário: às 16h

» Abertura da Exposição VIZI | Khrishna Passos, Maicyra Leão e Gisele Carriconde
Data: Terça-feira (9)
Horário: 19h
Local: Museu Murillo La Greca

» Oficina Texto visual, imagem verbal
Silvya Amélia (MG)
Data: Terça a sexta-feira (9 a 12 de setembro)
Horário: 14h às 18h
Local: Centro de Formação das Artes Visuais (CFAV)

»Debates
Artistas Articuladores (PE) | Fly, Galo de Souza, Izidório Cavalcanti, Jacaré, Moa Lago e Neilton
Data: Quarta-feira (10)
Horário: 19h
Local: MAMAM

Paulo Bruscky (PE) e Rubens Mano (SP)
Data: Sexta-feira (12)
Horário: 19h
Local: Fundaj

» Mostra de video-dança internacional
Dia: Quinta-feira (11)
Horário: 19h
Local: Museu Murillo La Greca

» Intervenções
Paulo Bruscky  | OUTubro
Data: Sexta-feira (12)
Horário: 17h
Local: Pátio São Pedro

Rubens Mano | O Processo como Lugar da Ação
Data: Sábado (13)
Horário: 17h
Local: Museu Murillo La Greca

» Encerramento
– Melhores Momentos
Data: Domingo (14)
Horário: a partir das 17h
Local: Pátio de São Pedro

– Show de encerramento
Data: Domingo (14)
Horário: a partir das 20h
Local: Pátio de São Pedro





Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) Grava DVD

5 09 2008

A Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) se prepara para registrar a inovação em DVD,o “Jorrando Cultura”. As gravações acontecem hoje e amanhã, no Teatro Santa Isabel, com entrada gratuita. Comandado pelo compositor, arranjador e instrumentista Maestro Forró, o grupo é formado por moradores da comunidade de Bomba do Hemetério, no bairro de Água Fria, zona Norte do Grande Recife. A intenção é unir composições eruditas e populares e trazer o Frevo para o cenário da música pop atual. O DVD tem co-patrocínio da Prefeitura da Cidade do Recife e é produzido pela Rec-Beat Produções Artísticas.

A gravação do DVD acontecerá às 20h, e os interessados podem retirar os ingressos na bilheteria do teatro à partir das 18h para assistir aos espetáculos. A gravação de “Jorrando Cultura” contará com a participação dos músicos Canibal e banda Devotos, Mestre Zé Amâncio do Coco e Mestre Valter, do Maracatu Estrela Brilhante. Também marcarão presença o sambista Hilton de Oliveira e o Maestro Gil, que traz para o palco do teatro seu piano de cauda. Depois de lançarem o CD no mesmo teatro, a Orquestra volta para o registro ao vivo, com novo figurino. Quem dirige o espetáculo é Alessandro Guedes, com direção de fotografia de Samuel Kobayashi.

“Jorrando Cultura”, o disco, foi lançado em fevereiro do ano passado com composições próprias do Maestro Forró, Parrô, Waltinho D’Souza e Natanael Dádiva, além de releituras de clássicos como “Vassourinhas”, “Cabelo de Fogo” e “Elefante”. Realizado com recursos próprios e apoio do Serviço de Incentivo à Cultura da Prefeitura do Recife, o CD foi elogiado pela crítica, levando a banda para shows fora do Estado, como apresentações em Brasília e no Parque Ibirapuera, em São Paulo.

Serviço:
Gravação DVD Jorrando Cultura – Orquestra Popular da Bomba do Hemetério
Quando: Dias 05 e 06 de setembro (sexta-feira e sábado)
Onde: Teatro de Santa Isabel
Horário: 20h
Entrada: Gratuita, mediante retirada de convites na bilheteria. A retirada dos convites deve ser feita com antecedência, nos dias dos shows, às 18h.





Biografia: Mestre salustiano.

31 08 2008

(foto: Daniel Duende)

Manoel Salustiano Soares, conhecido como Mestre Salustiano ou Mestre Salu nasceu em Aliança, zona da mata norte de Pernambuco, no dia 12 de novembro de 1945.

Seu pai, João Salustiano, era um tocador de rabeca e foi quem o ensinou a fazer e a usar o instrumento. Mestre Salu usa praíba, imburana, pinho, mulungu e cardeiro para fazer suas rabecas, pois segundo ele são as melhores madeiras para produzir o som.

Durante a infância participou de brincadeiras e folguedos populares existentes nos engenhos de Aliança. Sua grande paixão é o cavalo-marinho, que apesar de utilizar alguns personagens, músicas e coreografias comuns ao bumba-meu-boi, tem características próprias.

Foi um dos maiores dançadores de cavalo-marinho da região, interpretando diversos personagens: arrelequim, dama, galante, contador de toada, Mateus (durante nove anos), recebendo por isso o título de mestre. É considerado um dos grandes nomes do maracatu em Pernambuco, uma das maiores autoridades em cultura popular no Estado e o precursor ou “patrono espritual” do manguebeat.

Fundou o Maracatu Piaba de Ouro, em 1997, tendo participado com o grupo do festival de Cultura Caribeña, em Cuba. É o comandante do cavalo-marinho Boi Matuto, que criou em 1968, e do Mamulengo Alegre.

Mestre Salustiano também é um artesão. Além das rabecas é ele quem confecciona os bichos do bumba-meu-boi, cavalo, boi, burra; as máscaras do cavalo-marinho, feitas de couro de bode ou de boi e os mamulengos de mulungu.

É um dos grandes responsáveis pela preservação da ciranda, do pastoril, do coco, do maracatu, do caboclinho, do mamulengo, do forró, do improviso da viola e de outros folguedos populares do folclore nordestino.

Atualmente na Casa da Rabeca do Brasil, situada na Cidade Tabajara, em Olinda, espaço inaugurado recentemente pela família para apresentações de danças, oficinas, encontros de maracatus rurais e cavalo-marinho, além de shows de música regional, acontecem eventos o ano inteiro. Anteriormente, as apresentações eram organizadas por ele no Iluminara Zumbi, arena idealizada por Ariano Suassuna, durante sua gestão como secretário de cultura.

O espaço possui um grande terreiro para as diversas apresentações, bar, salão de danças e uma loja, onde são comercializados produtos de confecção própria, como rabecas, alfaias, pandeiro, mamulengos, além de peças do artesanato de barro de Caruaru.

Na época do carnaval, a Casa recebe caboclinhos, bois, burras, troças, ursos, além do seu maracatu Piaba de Ouro. No Natal, é palco para pastoril, ciranda, cavalo-marinho, entre os quais o Boi Matuto, com a participação de 76 figurantes e 18 pessoas brincando.

Foi agraciado com o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal de Pernambuco, em 1965, e já percorreu com a sua arte a maioria dos estados brasileiros e países como a Bolívia, Cuba, França e Estados Unidos.

Recebeu ainda, em 1990, o título de “reconhecido saber” concedido pelo Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco e o de comendador da Ordem do Mérito Cultural, em 2001, pelo então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso.

Tem quatro CDs gravados: Sonho da Rabeca, As três gerações, Cavalo-marinho, Mestre Salu e a sua rabeca encantada.

Mistura de músico, produtor, artesão e professor, Mestre Salu segue fazendo turnês nacionais e internacionais, tocando sua rabeca e mostrando sua peculiar fusão de ritmos do folclore nordestino.

Indicado pela Prefeitura de Olinda, foi escolhido pelo Governo do Estado, através da Lei nº 12.196 de 2 de maio de 2002, como Patrimônio Vivo de Pernambuco.

fonte:

Lúcia Gaspar

Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.